Lar… três letras, uma sílaba. Palavra carregada de significado e, dependendo de quem a ouve, pode aquecer completamente seu coração.

Você já parou para pensar que um lar não é necessariamente um espaço físico? Que não é simplesmente aquele local que usamos para dormir, tomar um banho e comer?

Podemos ter uma casa com tudo o que for preciso para viver e mesmo assim não ter um lar. E mais, podemos passar uma vida inteira sem um, mesmo que pareça que temos tudo.

O contrário também pode acontecer. É possível que alguém não tenha nada no sentido material da coisa e, mesmo assim, ter um lar completo.

Isso porque o lar não é algo que o dinheiro possa comprar e nem algo que pode ser adquirido na noite para o dia. O lar é um aconchego, um refúgio para todos os problemas do cotidiano, é aquele momento em que você respira aliviado e sente que finalmente pode descansar.

O lar é aquele lugar que você pode chamar de seu e que também te faz sentir que você pertence a ele. Se você leu até aqui já deve ter percebido que não estou falando da sua casa ou apartamento e sim algo além disso.

Leia também: Como está seu dia hoje?

Bem, pode até ser que seja isso. Afinal um lar pode ser o que você quiser, desde que você se sinta bem ao estar nele ou que se sente seguro quando chegar ao limite e perceber que tudo vai se desmoronar.

Vou falar para você um pouquinho do meu lar: para mim, é quando chego em casa e encontro minha família reunida. Ou até mesmo só um deles, já é o suficiente para eu me sentir bem e acolhida. É nessa hora que percebo que não preciso de mais nada, apenas estar ali, com eles e saber como foi o dia de cada um.

Sim, eu tenho uma casa confortável, com cama, comida e um chuveiro quentinho. Mas ter tudo isso não me adianta em muita coisa se chego e a casa está vazia. Me falta algo… falta meu LAR.

Mas o meu lar sempre está em construção. Ninguém é feliz sozinho, porém, em primeiro lugar temos que nos sentir bem com nós mesmos. Porque quanto mais você se aceitar, maior será seu lar.

É isso mesmo. Você também pode ser o seu lar. Isso se chama AMOR PRÓPRIO e ele só vem com o autoconhecimento. Por isso, invista e, com a dose certa, você também poderá ser o lar de alguém e vice-versa.

Eu encontrei o meu lar em outra pessoa também, além da família, claro. Encontrei alguém que me apoia, me compreende e me protege, mesmo quando eu não posso fazer isso por mim. E ele sabe que também farei o mesmo por ele, sempre.

E para você? Qual é o seu lar?

As vezes a gente demora para entender que o lar não é um espaço físico e nem coisas materiais. Em alguns momentos também demoramos a entender que, antes de tudo, nosso lar está dentro de nós e só depois podemos expandi-lo para o mundo exterior.

Nós somos a nossa morada. O nosso refúgio. A nossa proteção. O lar que vemos no outro é o reflexo de nós mesmos. Quando finalmente entendemos isso, notamos que nosso lar é onde a gente estiver.

Seja você seu próprio lar!