staircase-962784_960_720

 

Que maravilha! 

Chegamos ao fim do tempo,

Onde o tempo não tem fim e não temos mais de buscar por ele.

Tudo aquilo que se queria conquistar foi conquistado.
Descobrimos o mundo que estava aqui para tal finalidade.


E agora o que nos resta ?
Comemorar e usufruir de nossas conquistas.
Vamos gastar sem medo, estragar sem dó,

Não precisamos mais nos cansar em inventar e criar,
Está tudo aqui para nós!


Não temos que sentir para fazer arte… apenas espirrar nas telas o que engolimos,
Não temos que pensar para filosofar… a televisão nos responde ao monólogo interior
Não temos que criar…. os antepassados deixaram tudo disposto para recriarmos,
Não temos que economizar… porque tudo o que a sociedade contemporânea faz é reproduzir.


Reproduzir quantas vezes quiser,

Reproduzir quantas vezes for preciso,

Reproduzir mesmo se não for preciso,

Reproduzir até explodir esse mundo saturado,
Porque essa sociedade é a reprodução de tudo o que já foi um dia. 

Reproduzir é o que há de novo.